22 de mar de 2008

Redondilhas

I
No canteiro do Corpo
Uma Alma desencantada
Que gemendo ainda canta
Os encantos de uma flor

Fria, fina e macia
A murchar de amor.
-e-
Para desencantar
Esta dor de amar,
Canta e geme Alma
(Flor)!