29 de set de 2008

Palavras de mãe,logo apôs o parto

-Filho!

Infla o teu peito,firma as tuas pernas
e despeje dos bracos todo o medo
agarre teu escudo, tua espada e teu capitel
e parta para a luta temporal
contra este mostro,cujo nome é Vida
mas não me culpes por esta desdita,
suportas tudo,pois o teu galardão
sera um caixão na terra umidecida.