9 de mar de 2011

PÓema

Meu PÓema panca,
Meu PÓema trinca
Meu PÓema alucina
Meu PÓema te deixa ligadaço pra vida
Meu PÓema te deixa ligadao nas esquinas da vida
Meu PÓema é pasta / meu poema não é misturado com fermento
Meu PÓema esquenta as narinas da vida.
É um Pó um póema puro
Tem de cinco ,o PÓema redondilha
E Tem de dez o PÓema decassílabo .