29 de jan de 2013

Culinária Mineira - Salgados I

Arroz com suã e sua vida conzinhada toda manhã, 
Costela assada ossea sustentação do corpo na caminhada
 
Couve a mineira e depois vira um Planeta a sombra da amendoeira
 
Feijão tropeiro topa a trupe da tropa do Mundo Inteiro
 
Feijão mineiro para depois fazer da Lua o travesseiro
 
Galinhada ciscando no terreiro estomacal da meninada
 
Leitoa assada te assa e te abraça
 
Pão de queijo seu beijo seu abraço é meu desejo.
 
Tutu a mineira do estomago para mente inteira
 
Vaca atolada no pasto do prato e bem temperada
 
Lobrobrô é sustancia pro bucho do amô. 
Frango com quiabo vou brabo pro espaço me começo e me acabo
 
Péla-Égua pois a fome espiritual nao te dá tregua