19 de abr de 2008

Ovillejo

prato de fome
I
Dentro do peito o que brame?
Fome.
Que lhe pede o coração?
Pão.
Isto ali que ,no chão, jaz?
Paz.
Reza e ora e ninguém te traz;
e o tempo passa, vai indo...
Vives morrendo,sentindo
fome de pão e de paz.


II
Estas diante da vida
o que tendes a fazer?
Nascer.
Quando vier a fome e a sede
sabe o que ira acontecer?
Sofrer.
Haverá algo que lhe faca
da cabeça aos pés tremer?
Morrer.
É amargo ter que saber
que não é eterno o respirar,
contudo ter que aceitar
nascer, sofrer e morrer.