3 de mai de 2008

Oitava Rima III

corpo e alma

Distanciando do tremor do mundo,
contrariando o que na face aparenta,
encontras um silêncio imenso e fundo.
E é no silêncio que tua alma rebenta,
rebela e parti num grito profundo...
Porque tu ri e erra e, quando a dor aumenta
sai do alvoroço e mudo e atormentado
vai até ela,que antes, o tinha orientado.